Dicas para aprender/melhorar o Inglês

Quase todo mundo que decide fazer um intercâmbio tem dentre um de seus principais objetivos, senão o mais importante, aprender uma segunda língua que normalmente é o Inglês. Comigo não foi diferente, decidi fazer um intercâmbio para a Irlanda por querer conhecer uma nova cultura, ter novas experiências e… melhorar o meu inglês! Até chegar na Ilha eu não sabia ao certo o meu nível, tinha acabado as aulas do básico em um curso de inglês na minha cidade e entraria na turma do intermediário. Quando fiz o teste de nivelamento na minha primeira escola fui colocada, para a minha surpresa, numa turma de Advanced que era, nada mais, nada menos, que o último nível que eu poderia alcançar  nessa escola.

Após essa experiência muitas pessoas perguntaram para mim como aprendi inglês no Brasil, então resolvi escrever esse post não só para falar sobre isso mas também para dar algumas dicas de como melhorar o seu inglês até mesmo quando você já está no Intercâmbio.

Cursos de Inglês

Pode parecer uma dica boba e óbvia, mas frequentar cursos de inglês no Brasil me ajudou bastante a aprender algumas coisas, apesar de não ser muito fã de aulas em geral, eu tenho bastante dificuldade em estudar em casa, portanto, ir as aulas era uma espécie de obrigação que eu tinha que cumprir. Além disso, acho que para seguir as próximas dicas é legal que você tenha algumas noções minimamente básicas sobre a língua e eu acredito que frequentar um cursinho ou estudar em casa (para os que conseguem) é uma boa opção.

Filmes, seriados, música e games

Quem me conhece sabe o quão viciada em séries eu sou, acredito que seja um vício bastante comum dessa geração, então por que não assistir tudo na língua nativa em que o programa é produzido, no caso Inglês? Mesmo sem perceber o seu ouvido será treinado para ouvir em Inglês. Parece clichê e “fácil demais pra ser verdade” mas eu tenho certeza que uma grande parte do quanto eu sei inglês hoje provem da quantidade de coisas que assisti com ou sem legenda. No começo até é válido usar a legenda em português, mas eu recomendo que quando o seu nível estiver um pouco melhor, que você tente usar as legendas também em inglês, é importante saber associar o som da palavra a maneira como ela é escrita.

Para os que não são tão chegados em seriados, por que não tentar fazer o mesmo com filmes? Ou até mesmo com jogos? Sim, os jogos de videogame também foram uma parte bastante importante do meu aprendizado. Além disso, não podemos esquecer das músicas, o quão legal é ouvir uma música em inglês e ser capaz de traduzi-la por inteiro? Pois é, tente pegar a letra online, aprender a cantar as suas músicas favoritas e ouça bastante, assim como falei sobre os seriados, é importante treinar o seu ouvido para ouvir em inglês e cantando junto você vai aprender a pronuncia de várias palavras.

Falante nativos

Estou cansada de ver vários brasileiros que passam por todo o processo de sair de suas cidades natais, pagar um curso de inglês e vir fazer intercâmbio simplesmente para chegar aqui e não ter coragem de sequer comprar uma água, por pura vergonha de tropeçar no inglês. Não façam isso. Uma grande parte do seu aprendizado nessa segunda língua durante seu intercâmbio será a convivência com falantes nativos, esse inclusive é um dos motivos pelo qual você escolheu viajar ao invés de continuar estudando inglês no Brasil, portanto, não permita que sua timidez seja uma barreira, é errando que se aprende e todo mundo começa de algum lugar. Talvez existam sim uma ou outra pessoa não tenha paciência pra manter uma conversa com você por causa do seu nível de inglês, mas e daí? Tem milhares de outras pessoas aqui que falam inglês e estarão dispostos a conversar com você e te ajudar. Uma coisa é fato, se você não tentar se abrir pra oportunidades de praticar a língua, vai ser muito difícil melhorar o seu nível, então deixe a timidez de lado e tente se colocar em situações nas quais você precisará falar inglês com outras pessoas.

 

Então é isso, caso você tenha alguma dica a acrescentar que você acha que funcionou pra você, sinta-se livre para comentar nesse post ;)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *