Currículo na Irlanda – Dicas e sugestões

Já havia falado em um post anterior sobre como consegui meus primeiros trabalhos na Irlanda, mas como sei que muitas pessoas tem problemas específicos em como fazer o primeiro currículo na Irlanda em Inglês, resolvi também compartilhar algumas dicas que me foram úteis durante meu tempo aqui, coisas que aprendi e até mesmo erros que cometi.

Usar foto no currículo ou não?

Por algum motivo li em vários blogs e websites que era comum usar fotos nos currículos na Irlanda, talvez a informação seja antiga e/ou desatualizada, mas o fato é que, assim como no Brasil, não é necessário usar foto no seu CV. Eu não sei se usar influencia negativamente as suas chances, mas a menos que a vaga especifique que eles querem fotos, eu recomendo não se preocupar com isso. Eu trabalho com customer service e lido diretamente com o público e raramente recebemos currículos com fotos, ou seja, it’s a no!

Revisão

Eu posso até estar me repetindo aqui, mas realmente recomendo que caso o inglês não seja lá essas coisas, você peça a um falante nativo ou fluente em inglês para dar uma revisada no seu currículo,  na verdade, mesmo sendo fluente, todos estamos sujeitos a cometer erros bobos sem perceber, pedir pra alguém dar uma lida rápida não custa nada e só pode ter repercussão positiva na sua árdua busca pelo emprego.

Layout

Você pode sim usar um layout padrão, o mais importante, obviamente, é o conteúdo do seu CV. Dependendo da vaga, da área, da empresa e da sua expertise em photoshop ou qualquer outro programa, que mal pode fazer criar um layout legal, diferente e chamativo? É aquela coisa, cada caso é um caso, mas minhas dicas genéricas são: use fontes legíveis e crie currículo de acordo com a vaga que você está almejando. Tente não ultrapassar duas páginas, a exceção é caso você esteja se candidatando para uma vaga na sua área e você realmente tenha muita coisa a oferecer a empresa, caso contrário, se o currículo for aquele genérico que a gente entrega no começo do intercâmbio em todos os lugares, keep it simple!

Ressalte experiências relevantes

Mesmo que você esteja procurando “sub empregos”, eu recomendo você ter alguns modelos de currículos diferentes, por exemplo, um para as vagas na área de hospitalidade e outro para as vagas em lojas, e que em cada um destes você possa ressaltar os pontos importantes da sua experiência que se aplicam a vaga em questão, não precisa de um cv diferente pra cada empresa, mas separar por área já ajuda bastante.

Pontos importantes no seu currículo

Agora vamos ao que interessa, você deve estar se perguntando quais tópicos usar no CV? Vou dar algumas sugestões e vocês podem se escolher os que melhor se aplicam:

PROFILE / OVERVIEW/ SUMMARY: Uma pequena explicação sobre quem você é e porque está aqui, como muitas vezes não entregamos o CV com a cover letter, essa parte do seu currículo vai introduzir quem você é para o empregador. Exemplo:

I’m a young professional with a bachelor’s degree in — living in Dublin since — to —. I am currently working in —- as a — I am looking for a new position because — My visa status allows me to work —

OBJECTIVE: Em qual área que você está buscando trabalhar? Aqui você pode apenas citar posições que te interessam. Exemplo:

Kitchen Porter, Waitress, Sales Assistant, Deli Assistant—

EDUCATION / QUALIFICATIONS / PROFESSIONAL DEVELOPMENT: Assim como no seu currículo do Brasil, aqui você cita a sua experiência acadêmica que você julgar ser relevante para a vaga em questão.

PROFESSIONAL BACKGROUND / PROFESSIONAL PROGRESSION / RELEVANT WORK EXPERIENCE ou WORK EXPERIENCE: Normalmente eu utilizo o relevante quando estou me inscrevendo para uma vaga na minha área de formação, pois vários trabalhos passados simplesmente não são importantes para aquela vaga. A propósito, eu recomendo que além de citar suas experiências vocês expliquem um pouco as funções que você desenvolvia naquela empresa, seja com um pequeno texto ou com palavras-chave.

ADDITIONAL INFORMATION: Aqui você deve usar algumas palavras chaves que descrevem você, sua personalidade e coisas que são relevantes para o almejado job. Exemplo:

RELEVANT SKILLS: Photoshop CS5, Fluent Portuguese, Excellent customer service, Manual Handling Experience —

PERSONAL SKILLS: Enthusiastic, Organized, Pro-active, Professional, Disciplined, Reliable, Ambicious  —

HOBBIES / INTERESTS / EXTRACURRICULAR ACTIVITY: Voluntary work, Travelling, Cooking, Photography, Fashion, Blogging —

_

Acredito que a partir dessas dicas você tem uma base pra construir um currículo interessante e quem sabe, conseguir o tão esperado job na Irlanda. Vocês não precisam usar todos os tópicos sugeridos nesse post, por exemplo, eu não menciono hobbies ou interesses pessoais no meu currículo atual, escolham os que vocês acharem mais relevantes e lembrem-se, tentem não ultrapassar duas páginas. Caso você tenham alguma dúvida ou informação a acrescentar, sintam-se livres para comentar.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *